Confira o que é CDI e como funciona?

Home > Aprenda a investir > Confira o que é CDI e como funciona?

Conheça tudo sobre essa importante taxa usada para definir o rendimento de aplicações de renda fixa

Introdução

Se você fez um planejamento financeiro e está pensando em investir seu dinheiro já deve ter ouvido falar no CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Afinal, esta é uma sigla muito comum no mundo das aplicações financeiras.

No entanto, apesar de ser popular, o significado do CDI e sua utilização nos investimentos ainda levanta muitas dúvidas nas pessoas.

Por isso, preparamos este artigo com todas as informações para você entender o que é e como funciona o CDI.  

O que é CDI e como funciona?

O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é uma taxa usada para definir qual vai ser o rendimento de algumas aplicações de renda fixa.

É importante esclarecermos que o CDI não é um investimento, mas sim a taxa que uma parte das aplicações de renda fixa usam para pagar o rendimento ao investidor.

Por exemplo: CDB (Certificado de Depósito Bancário) que rende 100% do CDI. Neste caso, o CDB é o investimento e ele rende o mesmo que o CDI.

Quanto rende o CDI?

O CDI rende sempre muito próximo da taxa Selic, que é a taxa básica de juros da economia. Se a Selic estiver em 3,5% ao ano, por exemplo, o CDI estará bem próximo disso, algo em torno de 3,45% ao ano. 

O CDI é uma taxa usada para definir qual vai ser o rendimento de algumas aplicações (Unsplash/Michael Longmire)

O que significa 100% do CDI?

Você já deve ter visto a expressão: “Esta aplicação rende 100% do CDI”. Isso quer dizer que aquele investimento tem um rendimento igual ao CDI, nem um centavo a mais e nem a menos.

Vamos exemplificar para ficar mais fácil de entender. Digamos que Maria invista em um CDB que paga 100% do CDI.

Se em um ano o CDI for de 3,5%, quer dizer que Maria receberá exatamente 3,5% no final do ano, descontando apenas o Imposto de Renda.

Afinal, 100% de 3,5% é exatamente 3,5%. Já se ela investisse em um CDB que paga 90% do CDI, seu rendimento seria de 3,15% ao ano, equivalente a 90% de 3,5%. 

Leia mais: Membros alt.bank têm descontos exclusivos nas farmácias Droga Raia, Drogasil e Pague Menos

Quanto rende 100% do CDI?

Para saber quanto rende 100% do CDI, em primeiro lugar você precisa saber qual é o valor do CDI no momento. Digamos que hoje o CDI seja de 3,5% ao ano. Neste caso, 100% do CDI rende exatamente 3,5%.

Já se o CDI estiver em 5% ao ano, 100% do CDI será exatamente 5%.

Resumindo: sempre que você ouvir falar em 100% do CDI, deve considerar o número exato como rendimento.

Tabela de Rendimento Histórico do CDI 

Veja abaixo a tabela com o rendimento histórico do CDI desde 2015. 

Existe uma relação entre CDI e a taxa Selic?

Sim. O CDI sempre rende quase o mesmo valor da Selic. Normalmente, o rendimento do CDI é apenas um pouco menor do que a taxa básica de juros. Por exemplo: se a Selic estiver em 5% ao ano, o CDI vai pagar em torno de 4,95% ao ano.  

O CDI sempre rende quase o mesmo valor da taxa Selic (Pixabay/nattanan23)

Como o CDI afeta outros investimentos?

O CDI é usado para definir o rendimento de muitas aplicações de renda fixa. Por isso, é importante saber qual é o valor do CDI antes de optar por alguns tipos de investimentos.

Aplicações como o CDB (Certificado de Depósito Bancário), LCI (Letra de Crédito Imobiliário), LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) e LC (Letra de Câmbio) muitas vezes pagam um percentual do CDI como rendimento aos seus investidores.

Lembra quando falamos sobre aplicação que paga 100% do CDI? Então, é exatamente isso.

1. CDB – Certificado de Depósito Bancário

O CDB é uma das aplicações de renda fixa mais populares. Quando você investe em um CDB, é como se estivesse emprestando dinheiro para o banco poder financiar as suas principais atividades, como empréstimos e financiamentos.

Em troca do seu dinheiro, o banco paga uma rentabilidade mensal pelo seu CDB.

Se a rentabilidade dele for pós-fixada, provavelmente a sua rentabilidade estará atrelada ao CDI. Isso quer dizer que você verá novamente aquela expressão que já comentamos aqui, como por exemplo: CDB 100% do CDI. 

2. LCI – Letra de Crédito Imobiliário

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) também é um investimento de renda fixa e a aplicação funciona de forma parecida com o CDB.

A diferença em relação ao CDB é que o dinheiro que você investe na LCI é usado pelo banco em operações do mercado imobiliário.

Funciona assim: quando você investe na LCI, é como se estivesse emprestando dinheiro para o banco usar no setor imobiliário.

Como recompensa, você receberá do banco o rendimento da LCI na sua conta. Se esse rendimento estiver atrelado ao CDI, então você já sabe que vai receber um percentual da taxa, por exemplo: LCI 90% do CDI ou então LCI 100% do CDI.

3. LCA – Letra de Crédito do Agronegócio

A LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) é muito parecida com a LCI, mas o dinheiro que você investe é usado pelo banco em operações destinadas ao agronegócio, como empréstimos para produtores rurais, etc.

De uma forma resumida, quando você investe na LCA o banco pega esse dinheiro e empresta para empresas do agronegócio.

A recompensa que o banco te dá é o rendimento do seu investimento na LCA. Ou seja, se o rendimento estiver atrelado ao CDI, então você já sabe que vai receber um percentual da taxa. Por exemplo: LCA 90% do CDI ou então LCA 100% do CDI.

4. LC – Letra de Câmbio

Apesar do nome, a letra de câmbio não tem nada a ver com dólar ou com operações de câmbio.  Na verdade, esse é mais um investimento de renda fixa, assim como o CDB, LCI e LCA.

A diferença é que a LC é emitida pelas financeiras, e não pelos bancos. Ou seja, quando você aplica em uma LC, está emprestando dinheiro para a financeira, que vai usá-lo em empréstimos e outras operações de crédito.

A financeira que recebe seu investimento vai te recompensar pagando um rendimento mensal pelo dinheiro que você aplicou. Se o investimento estiver atrelado ao CDI, você vai receber na conta um percentual dessa taxa, exatamente igual nos exemplos anteriores.

Como Calcular os Rendimentos Atrelados ao CDI?

Para calcular o rendimento atrelado ao CDI é simples, mas exige conta com porcentagem. Por isso, é mais fácil fazer o cálculo usando uma calculadora.

Toda aplicação atrelada ao CDI paga um percentual dele. Então basta você verificar qual é o CDI atualmente e fazer a conta na calculadora. Olha como é simples:

Se o CDI estiver em 5% ao ano e o rendimento da aplicação for 90% do CDI, você deve digitar na calculadora o seguinte:

 5 (que é o valor do CDI)

X (vezes)

90 (que é o percentual do CDI pago)

% (símbolo de porcentagem)

= (igual)

O resultado será 4,5.

Isso quer dizer que, quando o CDI estiver em 5% ao ano, uma aplicação que tem rendimento de 90% do CDI vai render 4,5% ao ano.

CDI no alt.bank garante rendimento maior que a poupança

No alt.bank seu dinheiro rende todos os dias. Isso significa que você não precisa esperar o aniversário de 30 dias (como é na poupança) para ganhar juros.

E o melhor de tudo é que no alt.bank seu dinheiro rende 100% do CDI.

Quer saber mais? Saiba como abrir sua conta digital e aproveitar essa vantagem!

Conclusão

O CDI é uma taxa muito importante no universo dos investimentos, principalmente quando falamos de renda fixa.

Por isso, entender o seu funcionamento e saber como calcular uma aplicação pelo CDI vai ajudá-lo a aplicar melhor o seu dinheiro e até a conseguir uma renda extra no futuro.

Agora que você já sabe o que é o CDI, aproveite essas informações a seu favor. Se você ainda não investe, comece a pensar em poupar e aplicar uma parte do que você ganha por mês.

Lembre-se de que ter um dinheiro guardado para imprevistos é muito importante. Além disso, o investimento poderá ser usado para realizar seus sonhos e objetivos.

Então planeje-se, busque cada vez mais informações e bons investimentos!

E não se esqueça que o alt.bank é uma ótima opção para o seu dinheiro render mais.

Se você ainda não investe, comece a pensar em poupar e aplicar uma parte do que você ganha por mês. (Unsplash/Markus Winkler)

Gostou? Confira outros conteúdos:

Pix cobrança: Como a função do Pix substitui os boletos
Open banking: entenda o que é e como funciona esse novo sistema

Equipe alt.bank

Nosso time de especialistas está focado em criar conteúdos relevantes para te ajudar a ter mais autonomia financeira e promover um sistema financeiro mais justo no Brasil.

Deixe um comentário