Confira como organizar melhor a sua vida financeira

Home > Planejamento financeiro > Confira como organizar melhor a sua vida financeira

Organizar sua vida financeira é muito importante para que você consiga atingir seus objetivos e melhorar a sua relação com o dinheiro.

Com um bom planejamento é possível realizar alguns sonhos que parecem impossíveis ou muito distantes: trocar de carro, comprar a casa própria ou fazer uma viagem, por exemplo.

Mas é claro que nada acontece do dia para a noite. É importante ter disciplina, dedicação e manter o foco para evitar endividamentos e economizar tudo o que conseguir.

Para te ajudar nessa jornada, preparamos este artigo com informações e dicas valiosas!

Como organizar a sua vida financeira?

Para organizar sua vida financeira é importante ter um controle de tudo o que você gasta e do que ganha por mês.

Para isso, você deve anotar os seus gastos mensais, sem deixar passar nada. Essa tarefa pode ser feita usando apps específicos, planilhas no computador, ou até mesmo manualmente, em um caderno de anotações.

Depois de anotar, você precisa fazer a soma para saber qual é o seu gasto mensal. 

Se as despesas forem maiores do que aquilo que você ganha, será necessário fazer cortes de gastos para que as suas finanças fiquem em dia e você não precise fazer dívidas.

A partir do momento que você tiver o orçamento ajustado e seus ganhos forem suficientes para pagar tudo o que você gasta, é hora de começar a juntar dinheiro para construir a sua reserva de emergência.

É possível ter o controle sobre minhas finanças?

Por mais que muitas vezes organizar o orçamento possa parecer algo muito difícil de ser alcançado, saiba que é possível ter um controle total das suas finanças e aproveitar muito bem todas as oportunidades que surgirem.

Por mais óbvio que possa parecer, o primeiro passo é começar a agir. 

Quando estamos com nossa vida financeira completamente bagunçada, acabamos adiando o início da mudança.Isso acontece porque temos receio das dificuldades que iremos enfrentar e tentamos fugir do problema de alguma maneira.

Então lembre-se: por mais que pareça desafiador, trace um plano e comece o quanto antes a colocá-lo em prática.

Como fazer uma reeducação e aprender a organizar a vida financeira?

Para conseguir se organizar financeiramente é importante fazer uma reeducação e mudar velhos hábitos que nos atrapalham financeiramente e impedem nossa boa relação com o dinheiro.

Para isso, procure fazer uma avaliação da sua rotina financeira e entenda onde estão seus principais erros quando o assunto é dinheiro.

Por exemplo: se você costuma consumir muitas coisas sem necessidade, comprando roupas, calçados e outros itens por impulso, seu dinheiro pode estar sendo gasto da maneira errada.

Para mudar esse tipo de comportamento é importante que você perceba os motivos que te levam a querer comprar por impulso.

A partir daí, você deve evitar essas atitudes, lembrando que se você economizar  terá mais dinheiro sobrando para realizar seus sonhos e objetivos.

Vantagens de ter uma vida financeira organizada

As vantagens de se ter uma vida financeira organizada são incontáveis. Veja algumas delas para se convencer:

Poder realizar seus objetivos mais facilmente; deixar de receber aquelas ligações chatas de cobrança; melhorar a sua qualidade de vida e da sua família; conseguir comprar coisas importantes para você e para as pessoas que gosta; poder viajar para lugares que você sempre sonhou; entre muitas outras.

Percebe como ter um equilíbrio das finanças só nos traz benefícios? 

Dicas de como organizar sua vida financeira e ter tranquilidade 

Separamos algumas dicas importantes para você melhorar sua vida financeira e conseguir organizar seu orçamento. Veja abaixo:

Dica 1 – Anote tudo o que você ganha e gasta por mês

Tenha sempre anotado quais são os seus gastos mensais. Isso inclui as despesas fixas: aluguel, contas da casa, compras no supermercado, parcelas de financiamento e mensalidades de cursos ou escolas, por exemplo.

E também as despesas variáveis: compra de roupas, acessórios, presentes, etc.

Depois disso, some as suas receitas mensais (salário, comissões, vales, etc).

A regra básica para um orçamento saudável é que a soma das suas receitas precisa ser sempre maior do que a soma dos seus gastos.

Tenha sempre anotado quais são os seus gastos mensais e controle seu orçamento

Dica 2 – Gastos muito altos? Faça cortes

Se você gasta mais do que ganha por mês, precisa fazer cortes de despesas. Comece cortando gastos menos prioritários, como TV a cabo, refeições fora de casa ou o plano mais caro do streaming, por exemplo.

 Dica 3 – Tenha uma renda extra

Se você não conseguir cortar nenhuma despesa, pode tentar aumentar as suas receitas fazendo algum trabalho fora do seu expediente para ter uma renda extra.

Dar aulas particulares, fazer artesanato ou doces para vender são algumas das opções para ganhar um dinheiro a mais.

Leia mais: Como abrir MEI: Passo a passo completo

 Dica 4 – Não compre por impulso

Antes de comprar algo, pense se aquele produto é realmente necessário ou se você está comprando por impulso.

Isso não quer dizer que você não deve adquirir as coisas que tem vontade. É só um exercício para evitar gastos desnecessários que possam comprometer as suas finanças.

Antes de comprar, pense se aquele produto é realmente necessário ou se você está comprando por impulso

Dica 5 – Só compre se tiver condições

Se você chegar à conclusão de que faz sentido realizar a compra, certifique-se de que tem dinheiro para isso e que vai conseguir pagar sem prejudicar o seu orçamento.

Dica 6 – Tenha cuidado com os parcelamentos

Tenha cautela com as compras parceladas, mesmo aquelas que não têm juros. Elas criam uma falsa sensação de que estamos gastando pouco, mas pode haver uma grande surpresa no final do mês.

 Dica 7 – Pague sempre o valor total da fatura do cartão

Os juros do cartão de crédito são altíssimos. Para evitar esse tipo de cobrança que pode destruir seu planejamento financeiro, pague sempre o valor integral da fatura do cartão de crédito.

 Dica 8 – Cuidado ao fazer empréstimos 

Antes de fazer um empréstimo, avalie informações como a taxa de juros, o número de parcelas e o comprometimento da sua renda. Tenha cuidado para não assumir um compromisso que você não vai conseguir pagar depois.

Dica 9 – Faça uma reserva de emergência

 A reserva de emergência é um dinheiro que você deve ter guardado para imprevistos, como a perda do emprego, problemas de saúde ou alguma outra necessidade urgente que surja ao longo da vida.

Para isso, junte um pouco por mês, até conseguir uma quantia suficiente para pagar todas as suas despesas por pelo menos 6 meses. 

Uma dica: a conta alt.bank rende 100% do CDI e é ótima para montar sua reserva de emergência.

Reserva de emergência: junte um pouco por mês, até conseguir dinheiro suficiente para pagar todas as suas despesas por pelo menos 6 meses

Dica 10 – Está com o nome sujo ou dívidas atrasadas? Procure regularizar

Se você estiver inadimplente, o primeiro passo é se organizar para quitar as dívidas e deixar de pagar juros. Negocie com os credores, peça descontos e limpe seu nome no SPC, Serasa e outros birôs de crédito o quanto antes.

Conclusão

Como mostramos neste artigo, controlar as finanças permitirá que você conquiste seus objetivos mais facilmente e vai trazer qualidade de vida para você e toda sua família.

Limpe seu nome, evite dívidas, corte gastos desnecessários e aumente sua renda se for possível. Assim, você terá uma sobra de dinheiro todo mês e poderá juntar para atingir as suas metas.

Mas lembre-se que toda mudança depende do primeiro passo. Então comece o quanto antes a colocar esses ensinamentos em prática! 

Gostou? Confira outros conteúdos!

O que é e como funciona o SCPC, SPC e Serasa
Pix cobrança: Como a função do Pix substitui os boletos

Equipe alt.bank

Nosso time de especialistas está focado em criar conteúdos relevantes para te ajudar a ter mais autonomia financeira e promover um sistema financeiro mais justo no Brasil.

Deixe um comentário