Corte de luz por falta de pagamento: O que fazer?

Home > Planejamento financeiro > Corte de luz por falta de pagamento: O que fazer?

Entenda em quais situações a energia poderá ser cortada na sua casa e saiba como evitar esse grande problema. 

Com o preço da energia elétrica cada vez mais caro, o corte de luz pela falta de pagamento é um dos grandes temores das famílias brasileiras.

Apenas no mês de maio de 2021, a conta de luz aumentou 5,37%. Quem acaba sofrendo mais são as famílias com menor renda, que precisam se esforçar para não atrasar o pagamento com medo de ficar inadimplentes e sem luz.

Mas em quais situações a energia poderá ser cortada na sua casa? Para entender melhor, leia o artigo até o final. 

Sim, pela lei, a empresa que fornece energia elétrica pode solicitar o corte de luz se houver falta de pagamento. No entanto, existem algumas regras, que estão explicadas no tópico seguinte.

Mas aqui entra uma exceção. Por conta da pandemia de Covid-19, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) proibiu cortes de energia por falta de pagamento para alguns grupos de consumidores até o dia 30 de junho de 2021.

Essa medida vale apenas para as famílias que fazem parte do programa Tarifa Social, e também aquelas pessoas que não estão recebendo a conta de luz em casa.

A proibição de corte de energia para esses grupos poderá ser adiada até o final de outubro, mas ainda não houve decisão sobre isso.

Qual é o processo legal para corte de energia?

Antes de cortar a energia, a empresa fornecedora deve realizar alguns procedimentos. Veja quais são:

Comunicação prévia de corte

Antes de realizar o corte, a empresa deve avisar o consumidor sobre o atraso do pagamento. Se a quitação do débito não for efetuada em até 15 dias após o aviso, a luz já poderá ser cortada.

Corte da energia elétrica

O corte da luz só pode ser feito em dias úteis e em horário comercial, das 8h às 18h. Ou seja, a empresa não poderá suspender o fornecimento de energia aos sábados, domingos e feriados. 

Além disso, a luz não pode ser cortada às sextas-feiras e nem em dias que antecedem os feriados.

Como religar minha luz?

Para fazer o pedido de religação da luz, é necessário quitar o débito que estiver em atraso e entrar em contato com a empresa de energia da sua cidade, pedindo a religação.

Lembrando que, em muitos casos, é necessário apresentar o comprovante de pagamento das contas para o técnico que for fazer a ligação da energia.  

Qual o prazo para religar a minha luz?

Após a solicitação de religação, o prazo para que a energia seja restabelecida na sua casa é de até 24 horas, se você morar em uma área urbana. Em áreas rurais, esse prazo é de 48 horas.

O prazo para que a energia seja restabelecida na sua casa é de até 24 horas, se você morar em áreas urbanas (Pixabay/jplenio)

Lembrando que o prazo é contado quando a religação é solicitada em dias úteis, das 08h às 18hs.

Se o pedido for efetuado fora desse período, o início da contagem será a partir das 08hs do próximo dia útil.

Por exemplo: se você ligar na empresa de energia na sexta-feira às 22h pedindo o restabelecimento da luz, o prazo de 24 horas começará a contar apenas na segunda-feira às 8h da manhã.

Eu consigo parcelar o pagamento das contas?

Não existe uma obrigação legal das empresas em disponibilizar o parcelamento das contas de luz que estão em atraso, mas muitas concessionárias oferecem essa possibilidade.

Se você estiver com dificuldade de pagar uma conta, entre em contato com a empresa de luz da sua cidade para saber se é possível parcelar o débito para evitar o corte no fornecimento.

Tenho que pagar taxas para religação?

As concessionárias de energia podem cobrar uma taxa pela religação da luz quando ela é cortada por inadimplência. O valor depende de cada empresa, portanto, é necessário verificar na tabela de serviços da empresa de energia da sua cidade.

Dicas para evitar o corte da sua energia

Você pode tomar algumas medidas para evitar a interrupção do serviço de energia na sua casa. Veja abaixo as dicas que selecionamos:

1 – Reduza o tempo do banho

O chuveiro elétrico é o aparelho que mais consome energia em casa. Por isso, a principal dica é reduzir o tempo do banho. Além disso, procure deixar o chuveiro na posição “verão” sempre que possível, para que o consumo seja um pouco menor.

2– Acumule bastante roupa antes de passar ou lavar

Acumule bastante roupa antes de ligar o ferro de passar. Esse é um dos aparelhos que mais gastam energia elétrica, então a sua utilização deve ser feita com cuidado para a conta não vir muito cara.

Além disso, procure acumular roupas sujas para encher a máquina de lavar roupas sempre que for usar. Se você lavar poucas peças, terá que ligar a máquina muitas vezes, gastando mais energia.

Acumule bastante roupa antes de ligar o ferro de passar (Pixabay/stevepb)

3 – Desligue aparelhos e apague as luzes!

 Sempre que sair de um cômodo, lembre-se de apagar as luzes e os aparelhos que estiverem ligados. A televisão, computador e as lâmpadas podem encarecer a sua conta se permanecerem ligados durante muito tempo.

4 – Priorize sempre pagamento da conta de luz

A energia elétrica é essencial na nossa vida. Sem fornecimento de energia você não consegue tomar banho quente, a geladeira não funciona, o celular não pode ser carregado e você ainda fica no escuro.

Portanto, pagar a conta de luz deve ser uma das prioridades do seu orçamento. Se estiver com dívidas e dificuldades em pagar as contas, procure fazer um planejamento financeiro e cortar gastos menos essenciais. Mas nunca deixe de pagar a conta de luz!

5 – Inscreva-se no programa Tarifa Social

O programa Tarifa Social foi criado pelo Governo Federal para beneficiar famílias com baixa renda, deixando a conta de energia mais barata.  Para se cadastrar, é necessário procurar a distribuidora de energia do seu estado.

Para tirar dúvidas você pode ligar no telefone 167 ou clique aqui para acessar a página.

Principais dúvidas sobre corte da luz por falta de pagamento

Selecionamos e respondemos abaixo as principais dúvidas sobre o corte de energia quando há atraso de pagamento. Confira:

Quantos meses de atraso corta a luz?

A conta de luz pode ser cortada logo no primeiro mês de atraso. A única exigência, é que a empresa comunique ao cliente a falta de pagamento e aguarde 15 dias para a quitação.

Se a conta não for paga nesse prazo, o fornecimento poderá ser interrompido. 

A conta de luz pode ser cortada no primeiro mês de atraso, mas a empresa deve comunicar ao cliente a falta de pagamento e aguardar 15 dias para a quitação (Unsplash/Fré Sonneveld)

É proibido cortar a luz por falta de pagamento?

Não, a luz pode ser cortada por falta de pagamento. Mas existem algumas regras que devem ser seguidas pela empresa, como nós explicamos neste artigo.

Além disso, por conta da pandemia, alguns grupos de consumidores não poderão ter a luz cortada até o dia 30 de junho.

Quem não pagou a fatura da energia elétrica há mais de 90 dias pode ter a luz cortada?

Se a conta de luz não for paga, a empresa poderá cortar a energia 15 dias depois de enviar o comunicado ao cliente.

Porém, se ela não realizar o corte em até 90 dias, não poderá fazer depois desse prazo.

Minha energia pode ser cortada na pandemia?

Devido à pandemia de Covid-19, alguns grupos de consumidores não poderão ter a luz cortada até o dia 30 de junho de 2021.O governo estuda prorrogar esse prazo, mas isso ainda não foi definido.

No entanto, essa regra se aplica apenas àqueles que aderiram ao programa Tarifa Social ou então para quem não está recebendo as contas de luz em casa.

Conclusão

Ficar sem energia elétrica em casa gera grandes transtornos e complicações. Por isso, você deve evitar ao máximo que isso aconteça.

Em primeiro lugar, procure sempre economizar energia para que a conta não venha muito cara e você consiga pagar sem tanta dificuldade.

Além disso, você deve sempre priorizar o pagamento da conta de luz, reduzindo outros gastos menos essenciais da sua família se for preciso.

Por fim, se estiver sem dinheiro, procure entrar em contato com a concessionária de energia e verificar se pode parcelar o débito, evitando assim o corte de energia.

Equipe alt.bank

Nosso time de especialistas está focado em criar conteúdos relevantes para te ajudar a ter mais autonomia financeira e promover um sistema financeiro mais justo no Brasil.

Deixe um comentário