Entenda o que é inadimplência e saiba como evitá-la

Home > Tudo sobre crédito > Entenda o que é inadimplência e saiba como evitá-la

Segundo dados da Serasa, 62,56 milhões de brasileiros estão inadimplentes; veja como se livrar desse problema

Introdução

A inadimplência assombra boa parte dos brasileiros e prejudica todas as áreas da vida das pessoas.

Ela costuma ser causada por dificuldades financeiras e principalmente pela falta de planejamento do orçamento das famílias.

Por isso, é fundamental que você conheça os problemas que poderá ter ao atrasar seus pagamentos e, principalmente, saiba como evitar esse tipo de situação.

O que é inadimplência?

A inadimplência é o descumprimento de alguma obrigação financeira do consumidor, como a quitação de contas e boletos. Em outras palavras, é quando você deixa de fazer um pagamento até a sua data de vencimento. 

A inadimplência no Brasil

No Brasil, os dados mais recentes disponibilizados pela Serasa mostram que a inadimplência atingiu 62,56 milhões de pessoas em março de 2021, o que significa que quase 40% da população adulta do país está com alguma conta em atraso. 

Este número vem aumentando ao longo dos últimos meses, principalmente por conta da crise econômica gerada pela pandemia de Covid-19.

Quando ocorre a inadimplência?

A inadimplência acontece a partir do primeiro dia de atraso do pagamento da conta ou dívida que você possui. 

Digamos que você tenha um empréstimo que vence todo dia 10. Se você não efetuar o pagamento até o dia do vencimento, passa a ficar inadimplente a partir do dia 11. 

Ficar inadimplente atrapalha a sua vida financeira e pessoal (Pixabay)

Principais causas da inadimplência

As principais causas da inadimplência são a falta de planejamento financeiro e a desorganização do orçamento familiar.  

Quando não existe um planejamento, é comum que as pessoas tenham um descontrole de gastos e acabem entrando em uma espiral de dívidas, que ficam cada vez maiores por causa dos juros.

Com isso, os atrasos no pagamento das contas acabam sendo inevitáveis e o consumidor se torna inadimplente, podendo até ficar com o nome sujo nos órgãos de proteção ao crédito.

Controlar e planejar bem o orçamento doméstico serve justamente para evitar que isso aconteça.

Qual a diferença entre estar inadimplente e ter o nome sujo?

Estar inadimplente não significa que seu nome já está sujo. Isso porque existe uma boa prática de mercado quando o cliente atrasa o pagamento, e as empresas normalmente esperam 30 dias para negativar o CPF do cliente.

No entanto, se o débito não for quitado logo, seu nome acabará sendo incluído nos serviços de cadastros de inadimplentes.

Dívida é a mesma coisa de inadimplência?

Não, dívida e inadimplência são coisas diferentes. Dívida é todo compromisso de pagamento com datas futuras. Ou seja, quando você faz um empréstimo de R$ 1.000 para pagar em 12 meses, passa a ter uma dívida com o banco nesse valor.

Se a dívida for paga todo mês, sem atraso, você não ficará inadimplente.

Já a inadimplência acontece quando alguma dívida ou conta não é paga na data prevista em contrato. Neste caso, você poderá pagar multas e juros pelo atraso e ainda ficar com o nome sujo.

Leia mais: Empréstimo pessoal e cartão de crédito alt.bank

O que acontece quando a pessoa fica inadimplente?

Ficar inadimplente causa uma série de problemas para sua vida financeira. Veja abaixo tudo que pode acontecer quando você não paga uma dívida:

Restrições de Crédito

A inadimplência causa restrições na sua aprovação de crédito, já que seu nome poderá ficar sujo e seu score de crédito também vai diminuir.

A lógica é a seguinte: quando você deixa de pagar alguma conta, a probabilidade de que isso aconteça novamente é alta, então os bancos preferem não emprestar dinheiro para quem tem problemas de inadimplência. 

Ações na justiça

Além de ficar com o nome sujo nos órgãos como SPC e Serasa, se você não pagar alguma dívida também poderá ser cobrado judicialmente.

Para isso, primeiro a empresa que não recebeu o valor deverá protestar a dívida em cartório. Caso você não efetue o pagamento mesmo após o protesto, ela poderá entrar com uma ação judicial para receber o valor.

Serviços suspensos? 

Quem fica inadimplente também corre o risco de ter os serviços suspensos.  Por exemplo: se você não pagar a conta de luz até o vencimento, a concessionária de energia da sua região poderá suspender os serviços até que o pagamento seja realizado.

O mesmo acontece com outros serviços como telefonia, internet, fornecimento de gás e água, etc.

Se você atrasar o pagamento da conta de luz, a concessionária de energia poderá suspender os serviços (Unsplash/Jonathan Borba)

Posso ser contratado por empresas?

Sim. Pela lei, as empresas não podem deixar de contratar uma pessoa pelo fato dela estar inadimplente. Esse tipo de atitude é considerada discriminatória.

No entanto, como os motivos para a não contratação de alguém normalmente não são divulgados, é difícil para um candidato provar que foi o fato de estar inadimplente que impediu a sua entrada na empresa.

Posso tirar o passaporte?

Sim. O fato de estar inadimplente não afeta a solicitação de passaporte na Receita Federal.

Mesmo que o seu nome já esteja incluído nos cadastros de proteção ao crédito, o pedido de passaporte poderá ser feito normalmente.

O fato de estar inadimplente não afeta a possibilidade de solicitar passaporte na Receita Federal (Unsplash/ConvertKit)

Como evitar cair na inadimplência

Para evitar ficar inadimplente (ou sair da inadimplência), é importante ter um bom controle das finanças e fazer um planejamento do seu orçamento.

Uma das principais dicas é que você anote todos os seus gastos mensais, desde pequenas compras na padaria até as despesas maiores, como aluguel, financiamentos e contas da casa.

Depois, você precisa fazer a soma para saber qual é o seu gasto mensal.

Se essas despesas forem maiores do que aquilo que ganha por mês, você deverá cortar gastos ou então aumentar os seus ganhos, realizando alguma atividade para obter uma renda extra

Dessa forma, você conseguirá manter todas as suas contas em dia e evitar os transtornos causados pela inadimplência.

Conclusão

Ficar inadimplente causa uma série de problemas para a sua vida financeira. Isso também afeta o lado pessoal, afinal, ninguém gosta de receber ligações de cobrança ou de não conseguir comprar algo porque não possui crédito disponível.

Para que você não enfrente esse tipo de situação, ter um controle adequado do orçamento é muito importante.

Então não se esqueça: planeje suas finanças, controle os gastos e pague suas dívidas sempre em dia. Assim você terá uma vida mais tranquila e feliz em todas as áreas!

Gostou? Confira outros conteúdos:

O que é e como funciona o SCPC, SPC e Serasa
Consultar score: Saiba como verificar a pontuação
Renda extra: 21 ideias para aumentar seu rendimento

Equipe alt.bank

Nosso time de especialistas está focado em criar conteúdos relevantes para te ajudar a ter mais autonomia financeira e promover um sistema financeiro mais justo no Brasil.

Deixe um comentário